Seja bem vindo
Petrópolis,29/02/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Ana Hickmann diz que marido a chamava de gorda e revela fraudes em assinaturas

Segundo Ana Hickman, a briga começou quando conversavam sobre a situação financeira da família


Ana Hickmann diz que marido a chamava de gorda e revela fraudes em assinaturas Foto: Reprodução / Domingo Espetacular

A apresentadora Ana Hickmann concedeu neste domingo (26), uma entrevista ao “Domingo Espetacular”, da TV Record e contou detalhes da agressão que sofreu de seu marido, Alexandre Correa, no dia 11 de novembro. O caso aconteceu na residência onde moravam, em Itu, município localizado a cerca de 100 km da Grande São Paulo. Segundo Ana Hickman, a briga começou quando conversavam sobre a situação financeira da família. 

“Sempre tive uma conversa muito aberta com meu filho, sobre escola, sobre o dia a dia... Mas por conta dessa conversa e por coisas que aconteceram antes, a briga ocorreu [...] O Alexandre começou a me achincalhar. A briga ficou acalorada", relatou ela na entrevista. "Ele veio para me dar uma cabeçada, sim. Eu peguei o celular e disse para ele: se você vier para cima de mim, eu vou chamar a polícia. Falei uma, duas, três vezes. Ele veio para cima de mim, não me soltava, prendeu a porta no meu braço. Fiquei com medo dele", acrescentou. 

"Mesmo com uma policial feminina ao seu lado, o médico olhar para você e perguntar 'o que aconteceu?' Eu não falei que caí da escada. Eu não menti em momento algum. Mostrei o meu braço e disse que isso daqui é ferimento causado por trauma de porta, fechada no meu braço. Fui fazer radiografia. Eu não quebrei o braço, graças a Deus. Mas fiquei bem machucada", contou a apresentadora, que registrou um boletim de ocorrência contra o marido e prestou depoimento no dia seguinte. "Eu tive o sentimento da vergonha. Eu sentada naquela cadeira, dentro da delegacia. Eu senti muita vergonha. Eu não sabia como eu ia voltar para casa e encontrar meu menino", revelou.

Fraudes 

Ana Hickman ainda contou que dias antes da agressão, descobriu vários documentos que indiciavam falsidade ideológica e fraudes cometidas pelo marido. Ela disse não ter a dimensão do quanto de dívida seu nome está envolvido.

“Eu só tive a certeza que ele estava mentindo pra mim, por conta da imprensa. Naquele sábado [da agressão], eu falei pra ele parar de mentir pro nosso filho, de mentir pra mim… E foi assim que tudo isso aconteceu”, falou.

“Dias antes eu achei coisas no escritório, eu tomei atitudes ali dentro… Começou a sair as coisas sobre o banco [dívida]. Eu fiquei com vergonha. Eu nunca devi nada pra ninguém e agora estava devendo banco?”. Eu ainda não posso entrar em detalhes porque a investigação está sob sigilo. Mas na quinta-feira antes dessa coisa toda, eu encontrei documentos, cheques, coisas que eu olhei e não consegui identificar se eram lícitas ou ilícitas. Assinaturas que não eram minhas, valores… E quando eu o questionei, foi a primeira vez que ele começou a ficar bem agressivo comigo”, explicou.

Ofensas 

"Escutei muito que estava gorda. Ele tinha o dom muito grande me fazer me sentir uma merda. A gente não precisa ser mulher de malandro. Ele me afastou de tudo e todos, colocava medo nas pessoas. Me colocou dentro de uma redoma de tal forma que podia fazer o que ele queria. Não tinha sábado e domingo, não via ele compadecer quando eu estava doente", contou a apresentadora.

"Ele dizia: "Ninguém vai te querer velha. Está gorda. Ninguém quer uma Ana Hickmann velha. Ele controlava minha agenda pra qualquer coisa. Determinava o dia da academia, do médico, me pressionava para fazer cirurgia plástica. Eu disse: "Chega, não sou um objeto"', revelou. 

Ana Hickman descreveu Alexandre Correa como “preconceituoso”, “agressor”, “covarde” e “canalha”. De acordo com a apresentadora, ele controlava sua agenda e que "haverá uma grande investigação por fraude, desvio de dinheiro e falsidade ideológica".

"Estou falando da figura de um agressor, um covarde, um canalha que acha que tem poder e domínio sobre os outros", afirmou Hickmann, que confirmou, ainda, que já deu entrada no divórcio usando a Lei Maria da Penha, o que deve agilizar o processo.


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.