Seja bem vindo
Petrópolis,29/02/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Festival de Cinema de Petrópolis realiza sua premiação

“Nosso sonho”, a cinebiografia de Claudinho e Buchecha, foi o grande vencedor da cerimônia, que distribuiu prêmios em seis categorias


Festival de Cinema de Petrópolis realiza sua premiação Reprodução

O Festival de Cinema de Petrópolis, que este ano chegou à sua 8ª edição, realizou, no último domingo (26), a premiação para os filmes participantes da sua mostra competitiva. O longa “Nosso sonho”, de Eduardo Albergaria, foi o grande vencedor da noite. A produção levou o prêmio de Melhor Longa e o prêmio LIKE, no valor de R$ 10 mil. Juan Paiva, que interpreta Buchecha, levou o prêmio de Melhor Ator por sua atuação na produção e por seu desempenho em “De pai para filho”, de Paulo Halm. A cerimônia foi realizada no Centro Cultural Raul de Leoni, no Centro da cidade serrana, e distribuiu prêmios em outras quatro categorias. A premiação foi apresentada pelos atores Maytê Piragibe e Hugo Boenemer, apresentadores do Canal LIKE.

"Venho de comunidade, do Vidigal, e é muito importante ter uma casa como o Nós do Morro para formar e incentivar novos talentos", ressaltou Juan Paiva, ao ser premiado.

O prêmio de Melhor Atriz foi para Gabriela Loran por seu desempenho em “O último animal”, de Leonel Vieira. A atriz está em Portugal promovendo o filme e foi representada por um dos produtores do longa.

“Periferias”, da petropolitana Fernanda Almeida foi o vencedor de Melhor Curta.  O prêmio de Melhor Roteiro foi para o documentário “Nelson Pereira dos Santos – Uma vida de cinema” e foi recebido por Aída Marques, uma de suas diretoras. Ela destacou a presença no festival de alguns amigos do diretor e ressaltou a importância do homenageado:  – Se nós todos estamos aqui é graças a Nelson Pereira.

O prêmio de Melhor Diretor foi para Halder Gomes por “Vermelho Monet”. “Nosso sonho – A História de Claudinho e Buchecha” levou o prêmio de Melhor Longa e o prêmio Like, no valor de R$ 10 mil.

"Esse prêmio é do cinema brasileiro, é do amor e do afeto. Viva o cinema brasileiro", celebrou Leonardo Edde, produtor do filme.

Houve na ocasião homenagem ao diretor e produtor de cinema Paulo Cesar Saraceni (1932-2012), homenageado este ano com a exibição de três de suas produções. A família do cineasta foi chamada a o palco, e o prêmio foi recebido por sua irmã, Norma Saraceni.

O Festival de Cinema de Petrópolis aconteceu entre 23 e 26 de novembro na cidade serrana fluminense. O evento tem patrocínio da Caixa Residencial, das Águas do Imperador e da Prefeitura de Petrópolis com realização da Pacheco Monteiro Produções e do Ministério da Cultura.

OS PREMIADOS

MELHOR CURTA: “Periferias”, de Fernanda Almeida

MELHOR ATOR: Juan Paiva, por “De pai para filho” (Paulo Halm) e por “Nosso sonho” (Gabriel Albergaria)

MELHOR ATRIZ: Gabriela Loran, por “O último animal”

MELHOR ROTEIRO: ‘Nelson Pereira dos Santos – Uma vida de cinema”

MELHOR DIRETOR: Halder Gomes por “Vermelho Monet”

MELHOR LONGA: “Nosso sonho – A história de Claudinho e Buchecha”, de Eduardo Albergaria


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.