Seja bem vindo
Petrópolis,27/02/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Governo do Estado do RJ leva para os Estados Unidos tecnologia social de combate à violência contra a mulher

Primeira unidade do Programa Empoderadas, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, será instalada na cidade de Boston


Governo do Estado do RJ leva para os Estados Unidos tecnologia social de combate à violência contra a mulher Foto: Divulgação

Dados do Consulado Geral do Brasil em Boston mostram que a violência doméstica é o principal motivo de prisão e deportação de brasileiros residentes no estado americano de Massachusetts, que possui a maior comunidade brasileira no mundo, com cerca de 400 mil imigrantes. 

Com objetivo de assistir e fortalecer a rede de prevenção e enfrentamento à violência contra a mulher em Massachusetts, o programa Empoderadas, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Governo do Estado Rio de Janeiro, desembarca essa semana nos Estados Unidos para inaugurar seu primeiro polo internacional, nas cidades de Boston e Worcester, na próxima quinta-feira (07). 

Seguindo o padrão do que acontece em mais de 70 polos, distribuídos em diferentes cidades do estado do Rio, na unidade americana do Programa, serão oferecidas aulas técnicas de desvencilhamento e leitura corporal, no tatame, ministradas por professoras integrantes do Empoderadas, especialistas em artes marciais. Como também já ocorre no Brasil, o espaço contará com assessoria especializada para acolhimento de mulheres vítimas nas áreas social, jurídica e psicológica oferecida pela equipe do Espaço da Mulher Brasileira do Consulado. 

Na última quarta-feira, uma jovem brasileira de 28 anos foi morta pelo ex-namorado em Massachusetts. 

Érica Paes, Superintendente de Empoderamento e Equidade de Gênero do Governo do Estado do Rio de Janeiro, idealizadora e responsável pelo programa Empoderadas, reforça a necessidade de fortalecer práticas de combate à violência contra a mulher na região. 

- A violência contra a mulher tem uma linguagem universal e, infelizmente, casos de abusos não têm fronteiras. Com o grande índice de violência contra imigrantes brasileiras em solo americano, principalmente em Massachusetts, conforme dados compartilhados pelo próprio consulado, acreditamos que a conscientização seja urgente e essencial na garantia dos direitos das mulheres. - afirmou Érica. 

"Nossa missão é salvar vidas de mulheres brasileiras, seja no Rio ou em qualquer lugar do mundo”, acrescentou.

A secretária de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, a deputada Federal licenciada Rosangela Gomes, quando era parlamentar federal, foi responsável pela destinação de recursos que viabilizaram a implantação do Espaço da Mulher Brasileira no Consulado de Boston 

- É uma necessidade diante do alarmante número de brasileiras vítimas de violência naquele país, além de uma oportunidade de o Estado do Rio de Janeiro apresentar para o mundo uma ferramenta de combate à violência que têm sido tão eficaz por aqui. – destacou Rosangela.

No Rio de Janeiro, o programa Empoderadas já atendeu mais de um milhão e meio de mulheres.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.