Seja bem vindo
Petrópolis,27/02/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Alexandre Pires é alvo de operação contra garimpo ilegal na Terra Yanomami

O artista teria recebido pelo menos R$ 1 milhão de uma mineradora investigada, conforme o inquérito


Alexandre Pires é alvo de operação contra garimpo ilegal na Terra Yanomami Foto: Reprodução

O cantor Alexandre Pires foi alvo nesta segunda-feira (4), de uma operação que visa desarticular o esquema de financiamento e logística do garimpo ilegal da Terra Indígena Yanomami. O artista teria recebido pelo menos R$ 1 milhão de uma mineradora investigada, conforme o inquérito. 

Intitulada Disco de Ouro, a operação da Polícia Federal (PF) cumpriu mandados de expedidos pela 4ª Vara Federal Judiciária de Roraima, sendo dois de prisão e seis de busca e apreensão. Entre os crimes investigados, está o de lavagem de dinheiro. Movimentações financeiras da mineradora foram rastreadas, o que levou à contas bancárias, entre elas a de Alexandre Pires. 

A PF sem vincular o nome de Alexandre Pires, nem de outras pessoas, divulgou que o esquema contaria com um cantor que recebeu uma cifra milionária e um empresário do ramo musical de expressão nacional, “que seria um dos responsáveis pelo núcleo financeiro dos crimes”. A informação sobre o envolvimento de Alexandre Pires foi divulgada inicialmente, pelo Metrópoles. 

O artista estava em um mini cruzeiro, em Santos, que recebeu show de diversos artistas como, Zeca Pagodinho, Lulu Santos, Alcione, Diogo Nogueira e Dennis DJ. 

Operação Disco de Ouro 

A Operação Disco de Ouro é um desdobramento de uma ação que localizou 30 toneladas de cassiterita extraída da Terra Indígena Yanomami, depositadas na sede da empresa investigada. As remessas estariam sendo preparadas para o exterior. 






Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.