Seja bem vindo
Petrópolis,15/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Parada Naval marca a abertura do Ano Hidrográfico de 2024

A demonstração do potencial da DHN, como Serviço Hidrográfico Brasileiro


Parada Naval marca a abertura do Ano Hidrográfico de 2024 Foto: Divulgação
Publicidade

Parecia até cena de cinema, mas era o poder dos “navios brancos” da Marinha do Brasil (MB) desfilando pela Baía de Guanabara, nas proximidades de Niterói (RJ). A passagem simbólica, na manhã desta terça-feira (20), marcou a abertura do Ano Hidrográfico de 2024.

A tradicional programação inicia o calendário de ações das embarcações da Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN). Os famosos “navios brancos” atuam na ampliação da segurança da navegação, além da produção de informações acerca do ambiente marinho.

A demonstração do potencial da DHN, como Serviço Hidrográfico Brasileiro, configurou-se também como uma oportunidade de aproximar ainda mais a população da atuação da Marinha. Quem pôde avistar os navios fundeados em frente ao Complexo Naval da Ponta da Armação apreciou os meios responsáveis por contribuir para a salvaguarda da vida humana, o desenvolvimento nacional e a aplicação do Poder Naval.

O Diretor de Hidrografia e Navegação, Vice-Almirante Carlos André Coronha Macedo, explicou o que de fato significa o Ano Hidrográfico para o país. “Hoje desatracamos para cumprir a nossa missão. A nossa coragem para navegar em áreas não cartografadas, o comprometimento na conferência dos dados obtidos e o nosso exemplar espírito de corpo são apenas alguns atributos que ensejam um Ano Hidrográfico de excelência “, explica.


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.