Seja bem vindo
Petrópolis,14/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Capacitação de agentes fortalece batalha contra o Aedes aegypti em Macaé

Os indicadores ajudam os agentes a montar ações estratégicas nos bairros em condições mais vulneráveis


Capacitação de agentes fortalece batalha contra o Aedes aegypti em Macaé Foto: Divulgação
Publicidade

A capacitação dos agentes de combate a endemias e dos agentes comunitários de saúde realizada nesta quarta-feira (21) pela Secretaria de Saúde reforça as ações de enfrentamento aos índices de infestação do Aedes aegypti e no combate ao possível cenário de surto de dengue. O encontro marca a integração entre as estratégias da Coordenadoria Especial da Vigilância Ambiental (Cevas) e da Estratégia de Saúde da Família (ESF), núcleos da Secretaria de Atenção Básica que atuam de forma direta na assistência à população.

“A força-tarefa dos nossos agentes é a garantia da presença do poder público no dia a dia da nossa população. Este trabalho representa o compromisso de todos em garantir que a vida da população seja preservada. Esta é a essência do nosso enfrentamento à dengue”, afirmou Alexandre Cruz, Secretário de Saúde.

O atual cenário epidemiológico do município, que aponta índices de infestação do Aedes aegypti abaixo da média do Estado, foi apresentado pela Gerente de Vigilância em Saúde, Elenice Sales. 

De acordo com a Secretária Adjunta de Atenção Básica, Natália Antunes, a capacitação amplia a estratégia de prevenção em Saúde no enfrentamento ao índice de infestação do Aedes aegypti e na identificação de casos positivos da dengue, zika e chikungunya. “Nós estamos atuando no enfrentamento direto ao mosquito e na identificação dos casos, trabalhando junto aos agentes na orientação à população sobre os cuidados dentro de casa e no atendimento em casos suspeitos. E, por isso, somos referência em saúde preventiva”, destacou Natália.

A capacitação também segue as novas diretrizes determinadas pelo Ministério de Saúde no enfrentamento ao cenário de surto de dengue. “Nós estamos atuando por toda a cidade, seguindo índices atualizados sobre o cenário de infestação do mosquito. O nosso papel é atuar na prevenção e, por isso, a importância da motivação dos nossos agentes”, apontou o Coordenador Especial da Vigilância Ambiental (Cevas), Luan Campos.

A gerente de Atenção Básica, Luzia Santana, e o supervisor geral do Cevas, Marcelino Rocha, também participaram do encontro.


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.