Seja bem vindo
Petrópolis,23/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Guerra na Ucrânia, 30.000 pessoas estão desaparecidas desde o início da guerra

Entre os desaparecidos estão soldados que estiveram em combate e civis, incluindo crianças


Guerra na Ucrânia, 30.000 pessoas estão desaparecidas desde o início da guerra exame.com
Publicidade

Desde o início da guerra na Ucrânia, no dia 24 de fevereiro de 2022, mais de 30.000 pessoas seguem desaparecidas, deixando familiares cada vez mais desesperados, que definem o momento como um “tormento sem fim”.

Na esperança de pistas para encontrarem o paradeiro dos desaparecidos, as famílias estão fornecendo uma amostra de ADN à Polícia Nacional Ucraniana. As amostras de ADN também podem ser enviadas de fora do país, caso os familiares da pessoa desaparecida tiverem deixado a Ucrânia.

O ADN é um elemento essencial para determinar o paradeiro dos desaparecidos, especialmente por se tratar de um militar. 

Mas nem sempre o ADN leva a uma resposta efetiva, por isso, surgiram vários projetos de voluntariado para ajudar as famílias que receberam pouca ou nenhuma informação das autoridades. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha já ajudou cerca de 8.000 famílias a obter informações sobre os seus entes queridos.

Até fevereiro, a Cruz Vermelha informou que recebeu mais de 115.000 pedidos de auxílio para a localização de desaparecidos na Ucrânia e na Rússia.


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.