Seja bem vindo
Petrópolis,20/05/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Moradores de Magé, na Baixada Fluminense, podem solicitar ‘Saque Calamidade’

Trabalhadores residentes no município podem enviar a documentação para liberação dos valores pelo aplicativo FGTS

Agência Gov | via Caixa
Moradores de Magé, na Baixada Fluminense, podem solicitar ‘Saque Calamidade’ Moradores de Magé podem solicitar ‘Saque Calamidade’ | Foto: Agência Brasil

Os trabalhadores residentes de Magé, na Baixada Fluminense, podem solicitar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade. A liberação, decorrente das fortes chuvas na cidade, pode ser solicitada à CAIXA, através do aplicativo “FGTS”.

De acordo com o Governo Federal, é necessário possuir saldo na conta do FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses. O valor máximo para retirada é de R$ 6.220,00 por conta vinculada, limitado ao saldo da conta.

Os moradores das áreas afetadas de Magé, segundo os endereços identificados pela Defesa Civil Municipal, podem solicitar o saque até 22/06/2024.

A solicitação é realizada de forma fácil e rápida pelo app “FGTS”. Confira o passo a passo:

  • Realize o download do app “FGTS” e insira as informações de cadastro; vá até a opção “Solicitar seu saque 100% digital” ou no menu inferior “Saques” e selecionar “Solicitar saque”:  Clicar em “Calamidade pública” — Informar o nome do município e selecionar na lista – Selecionar o tipo do comprovante de endereço e digitar o CEP e número da residência;
  • Encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade, comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade;
  • Selecione a opção para creditar o valor em conta CAIXA, inclusive a Poupança Digital CAIXA Tem, ou outro banco e enviar a solicitação.

Documentação 

  • Carteira de Identidade – também são aceitos carteira de habilitação e passaporte- – sendo necessário o envio frente e verso do documento;
  • Selfie (foto de rosto) com o mesmo documento de identificação aparecendo na foto;
  • Comprovante de residência em nome do trabalhador: conta de luz, água, telefone, gás, fatura de internet e/ou TV, fatura de cartão de crédito, entre outros) emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade.
  • Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro(a).

Clique aqui e confira a relação completa dos municípios habilitados para o Saque FGTS, por motivo de calamidade, e os prazos para a solicitação.


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.