Seja bem vindo
Petrópolis,16/06/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Nos EUA, a inflação caiu e a bolsa bate recorde

Essa desaceleração foi vista como um sinal encorajador, especialmente porque o Banco Central dos EUA


Nos EUA, a inflação caiu e a bolsa bate recorde Reprodução/ Bloomberg
Publicidade

A inflação nos Estados Unidos desacelerou pela primeira vez em seis meses, surpreendendo positivamente o mercado e impulsionando o humor dos investidores na bolsa americana.

Em abril, o índice de preços subiu 0,3%, abaixo das expectativas dos analistas, interrompendo uma série de altas consecutivas mais acentuadas. Essa desaceleração foi vista como um sinal encorajador, especialmente porque o Banco Central dos EUA indicou que está monitorando de perto o cenário da inflação para eventualmente reduzir as taxas de juros, atualmente no patamar mais alto em 22 anos, de 5% ao ano.

Os principais índices da bolsa americana - Nasdaq, S&P 500 e Dow Jones - alcançaram máximas históricas, refletindo o otimismo dos investidores com a perspectiva de uma inflação mais controlada e uma possível flexibilização das políticas monetárias.

No entanto, o cenário não foi tão positivo na bolsa brasileira. A queda do presidente da Petrobras abalou o mercado, gerando temores sobre a intervenção do governo na empresa líder do país. Isso resultou em uma queda de mais de 6% nas ações da Petrobras, arrastando o Ibovespa para baixo.

Como consequência dessa queda, apenas no último dia, a Petrobras perdeu incríveis R$ 34 bilhões em valor de mercado.


Principais Indicadores do Mercado Financeiro:


 Ibovespa: -0,38% | 128.027 pontos


 S&P 500: +1,17% | 5.308 pontos


 Dólar: +0,12% | R$ 5,13

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.