Seja bem vindo
Petrópolis,18/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Extrema-direita na França quer “maioria absoluta” para governar

Eleições legislativas estão marcadas para 30 de junho e 7 de julho


Extrema-direita na França quer “maioria absoluta” para governar Foto: Getty Images.
Publicidade

O líder do partido de extrema-direita francês, Reagrupamento Nacional (RN), Jordan Bardella, afirmou que pretende obter uma maioria clara e absoluta de deputados na Assembleia Nacional após as duas rondas de eleições antecipadas que foram convocadas pelo Presidente Emmanuel Macron para os dias 30 de junho e 7 de julho.

Jordan Bardella, de 28 anos, disse à CNews que não pretende "ser o colaborador do Presidente da República". O candidato a primeiro-ministro, já venceu as eleições para o Parlamento Europeu, em 9 de junho, com 31,37% dos votos na França.

O presidente Emmanuel Macron continua a ser presidente até 2027 e tem a seu cargo a política externa e a defesa, mas a sua presidência ficaria enfraquecida se o RN ganhasse e assumisse o poder do governo e da política interna. Embora o presidente garanta que pretende evitar que a extrema-direita chegue ao poder como presidente da França em 2027, os analistas consideram a antecipação eleitoral uma “aposta arriscada”. 

Uma pesquisa do Ifop mostra que o RN tem 33% das intenções de voto, seguido pela coalizão de esquerda Nova Frente Popular (28%) e pela aliança centrista de Macron (18%) nas eleições legislativas antecipadas.

As pesquisas mostram um cenário incerto que poderia levar o presidente centrista, cujo mandato termina em 2027, a ter que compartilhar o poder com um governo de outra ideologia política em uma coabitação.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.