Seja bem vindo
Petrópolis,20/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Terreno para construção do estádio do Flamengo será desapropriado da Caixa

A medida vai ser publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira (24).


Terreno para construção do estádio do Flamengo será desapropriado da Caixa Terreno do Gasômetro: local onde o Flamengo quer construir o estádio — Foto: André Durão
Publicidade

O prefeito Eduardo Paes anunciou neste domingo (23), em suas redes sociais, que vai desapropriar da Caixa Econômica Federal, o terreno onde será construído o estádio do Flamengo. A medida vai ser publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira (24). 

“Estamos publicando amanhã no Diário Oficial a desapropriação por leilão em hasta pública do novo estádio do Flamengo, ali no terreno do Gasômetro. É o início de um projeto, o início de um sonho. Flamengo, Vasco, Fluminense e o Botafogo, especialmente os quatro grandes clubes cariocas, têm uma importância enorme para a economia do Rio de Janeiro. Infelizmente o Flamengo tem mais torcedor”, brincou Paes, que é vascaíno.

“A gente entende esse papel, é importante para a revitalização daquela região da cidade. O Flamengo não vai fazer só um estádio, ali vai ser um lugar de entretenimento, vai ter centro de convenções (...). Vamos trabalhar junto com a direção do Flamengo, com o presidente Landim, com os presidentes que vierem para que a gente possa realizar esse sonho da nação rubro-negra”, complementou.

O Flamengo emitiu uma nota nas redes sociais comemorando a decisão: “A decisão do prefeito Eduardo Paes reconhece o interesse público envolvido e propicia um passo importantíssimo na realização do projeto para erguer o estádio próprio do Flamengo, sonho de toda a Nação Rubro-Negra. A diretoria do Flamengo tem plena consciência da importância desta obra tanto para o nosso clube como também para a revitalização de uma das mais tradicionais áreas de nossa cidade.”

É importante lembrar que anteriormente, havia um impasse financeiro entre o clube carioca e a Caixa Econômica Federal pelo terreno do Gasômetro. Por conta disso, em um jantar de Eduardo Paes e do presidente do Rubro-Negro, Rodolfo Landim, o prefeito do Rio informou sobre a possibilidade de desapropriar o terreno.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.