Seja bem vindo
Petrópolis,18/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Militares armados invadem palácio presidencial na Bolívia

Evo Morales fala em “golpe de Estado”


Militares armados invadem palácio presidencial na Bolívia Foto: Reprodução de vídeo / g1
Publicidade

O presidente da Bolívia, Luis Arce, afirmou nesta quarta-feira (26), que as Forças Armadas do país estão realizando “mobilizações irregulares”. De acordo com testemunhas, tropas militares estão agrupadas em praças e ruas da cidade e dentro do palácio presidencial, em La Paz. 

O ex-presidente Evo Morales denunciou um “golpe de Estado" e acusou o comandante do Exército, o general Juan José Zuñiga, de estar por trás da mobilização. Segundo o ex-presidente, um regimento do Exército posicionou franco-atiradores em uma praça de La Paz.

“Convocamos uma mobilização nacional para defender a democracia diante do golpe de Estado que o general Zuñiga está gestando”, declarou Morales. 

A Organização dos Estados Americanos (OEA) condenou a movimentação militar e pediu respeito à democracia. O presidente Luis Arce também se manifestou nas redes sociais, solicitando que a democracia seja preservada.

O presidente de Honduras, atualmente na presidência da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), também falou em golpe de estado e pediu uma reunião de emergência dos Estados membros -- o Brasil é um deles.




Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.