Seja bem vindo
Petrópolis,04/03/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Ação conjunta de comissões da Câmara flagra ônibus quebrados e com vistoria vencida


Ação conjunta de comissões da Câmara flagra ônibus quebrados e com vistoria vencida Divulgação

Uma ação conjunta da Comissão de Transporte Público e Mobilidade Urbana da Câmara Municipal de Petrópolis com a Comissão Especial da Casa que analisa as concessões e parcerias público-privadas em vigor no município resultou, nesta terça-feira (28), no levantamento de informações sobre 111 ônibus que estão em operação no município. O número representa um terço da frota das empresas que atuam no município. Durante a operação, iniciada no fim da manhã, os vereadores Hingo Hammes, Júlia Casamasso e Eduardo do Blog flagraram ônibus quebrados, com licenciamento atrasado e com a vistoria vencida. Os dados serão compilados e transformados em relatório que será encaminhado às autoridades competentes e também ao Ministério Público. 

Presidente da Comissão de Transporte Público e Mobilidade Urbana da Câmara Municipal, o vereador Hingo Hammes explicou que, assim como aconteceu com as fiscalizações anteriores das comissões, a nova ação vai subsidiar tanto a Câmara quanto o Ministério Público no trabalho legislativo e na cobrança às empresas e ao Poder Executivo. “É função do vereador fiscalizar e cobrar as melhorias. O que está acontecendo é absurdo. São ônibus quebrados todos os dias e os acidentes são cada vez mais frequentes. A solução não é fácil, mas a CPTrans precisa agir. Ônibus reprovados em vistorias e em condições que não garantam a segurança de funcionários, passageiros e da população, em geral, não podem ir às ruas. Estamos falando de uma tragédia anunciada. O município precisa fazer a intervenção, de forma legal e transparente”, criticou, lembrando que a comissão vem cobrando também a regularização do pagamento do vale-educação. “É o que garante a gratuidade dos estudantes”, lembrou. 

A vereadora Júlia Casamasso, que preside a Comissão Especial que analisa as concessões e parcerias público-privadas, apontou a falta de respeito com o cidadão. “No meio da fiscalização, encontramos ônibus quebrados no ponto e ainda houve um acidente na Washington Luís. O transporte público é um serviço essencial! Pagamos caro por esse serviço, as empresas precisam se comprometer a oferecer um serviço digno, não apenas querer lucrar com a operação. Não vamos cruzar os braços e esperar um acidente mais grave acontecer! É urgente uma intervenção nas empresas Petro Ita e a Cascatinha, que reúnem o maior número de irregularidades. Se essas empresas não têm condições de oferecer um transporte público de qualidade, o Município tem que tomar para si a operação, o que não podemos é seguir colecionando acidentes e denúncias sobre os ônibus da cidade ”, afirmou. 

O vereador Eduardo do Blog, que também faz parte da Comissão de Transporte, acompanhou as vistorias e conversou com usuários do sistema de transporte. Ele lembrou que a população já não aguenta mais o descaso das empresas. “Petro Ita e Cascatinha são as que claramente têm o maior volume de problemas. O incêndio na garagem das empresas, em maio, agravou o que já estava muito complicado. A população não pode continuar sendo penalizada. Estamos falando de vidas!”, criticou. 

Os dados da fiscalização realizada nesta terça-feira serão reunidos e o relatório completo da ação conjunta das comissões da Câmara será divulgado nos próximos dias.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.