Seja bem vindo
Petrópolis,27/02/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Começa no Rio a Cúpula Social do Mercosul com representantes da sociedade civil

A Cúpula Social do Mercosul vai discutir propostas da sociedade civil


Começa no Rio a Cúpula Social do Mercosul com representantes da sociedade civil Foto: Divulgação

Rio de Janeiro sedia nesta semana a reunião de Cúpula do Mercosul. Nesta segunda-feira (4/12), começou a Cúpula Social do Mercosul, no Museu do Amanhã, na Praça Mauá. O prefeito Eduardo Paes participou da cerimônia de abertura do encontro, ao lado das ministras das Mulheres, Cida Gonçalves, e da Igualdade Racial, Anielle Franco, além das ministras substitutas da Secretaria-Geral da Presidência da República, Maria Fernanda Coelho, e do Ministério do Desenvolvimento Agrário,  Fernanda Machiavelli.

– Esse encontro é pedagógico para aquilo que se deseja como forma de governo e de tomada de decisões, a partir da realidade do mundo de hoje. Quanto mais movimentos sociais, debates e participação da sociedade civil nós tivermos,  certamente, vamos qualificar a implementação das nossas políticas públicas. Já deixo aqui um convite a todos para que, também durante o G20, tenhamos uma cúpula social das maiores economias do mundo sendo realizada aqui no Rio de Janeiro com os temas tão desafiadores desse momento. Espero que os debates aqui possam ser frutíferos e que possamos continuar avançando na construção do Mercosul – afirmou o prefeito Eduardo Paes.

O objetivo do fórum social é reunir representantes da sociedade civil e dos governos dos países que integram o Mercosul para discutir o fortalecimento da democracia na região do Cone Sul e ampliar a participação social na agenda política do bloco. O Brasil é o atual presidente “pro tempore” do Mercosul.

Esta edição retoma a reunião presencial da Cúpula Social depois de sete anos. Em junho, a Argentina realizou uma reunião  em formato virtual. O encontro terá dois dias, e os resultados dos debates serão apresentado aos chefes de Estado, na quinta-feira (7/12). A efetiva participação da sociedade civil nas decisões fortalece o processo de integração regional no Cone Sul.

– O Rio de Janeiro recebe a Cúpula Social do Mercosul, com 300 participantes de todos os países do bloco e países convidados, como um ato preparatório e de participação social à Cúpula de Líderes do Mercosul, que deve ser a cúpula mais importante dessa presidência do Brasil “pro tempore”do bloco econômico. Porque se trata da assinatura de um acordo importante com Singapura e a expectativa da assinatura de um acordo com a União Europeia, além de acesso da Bolívia ao Mercosul. De certa forma, a Cúpula do Mercosul é uma conquista da diplomacia do Brasil, que tem no Rio de Janeiro um parceiro de primeira ordem – disse o coordenador de Relações Internacionais da Prefeitura do Rio, Lucas Padilha.

A Cúpula do Mercosul é também um ato preparatório para o ano do G20, grupo que reúne os principais países industrializados e emergentes do planeta. O Rio de Janeiro será a capital do G20 e receberá, entre outros eventos, a reunião de cúpula nos dias 18 e 19 novembro de 2024.


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.