Seja bem vindo
Petrópolis,14/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

TJD-RJ denuncia Flamengo por cantos homofóbicos da torcida em Fla-Flu na semi do Carioca

O acontecimento foi relatado pelo árbitro Wagner do Nascimento Magalhães


TJD-RJ denuncia Flamengo por cantos homofóbicos da torcida em Fla-Flu na semi do Carioca Paula Reis/Flamengo
Publicidade

O Flamengo foi denunciado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) por cantos homofóbicos proferidos por sua torcida no clássico contra o Fluminense, disputado no último sábado (16), pela semifinal do Campeonato Carioca de 2024. O acontecimento foi relatado pelo árbitro Wagner do Nascimento Magalhães, na súmula da partida, que ocorreu no Maracanã. 

“Informo que aos 43 minutos do segundo tempo, a torcida do Clube de Regatas do Flamengo cantou uma música de cunho homofóbico durante 50 segundos em provocação à torcida do Fluminense FC. Cabe ressaltar que a administração do estádio emitiu uma mensagem educativa nos telões do estádio no momento em que ocorria o cântico”, relatou Wagner.

O Rubro-Negro foi denunciado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que diz que “praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência”. O clube terá que responder em julgamento, que ainda será marcado.

Caso o Flamengo seja condenado, a pena prevista pelo CBJD é de suspensão de cinco a 10 partidas, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de 120 a 360 dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código, além de multa, de R$ 100 a R$ 100 mil.


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.