Seja bem vindo
Petrópolis,19/06/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Proprietária do Burger King fecha acordo para comprar Starbucks no Brasil

Contrato da Zamp com o grupo SouthRock custou R$ 120 milhões


Proprietária do Burger King fecha acordo para comprar Starbucks no Brasil Starbucks | Foto: Reprodução
Publicidade

O conselho da Zamp, empresa que gerencia as marcas Burger King e Popeyes no Brasil, deu o aval para a aquisição da rede de cafeterias Starbucks – responsável por operar as marcas Starbucks e Subway no Brasil – por R$ 120 milhões. Esse movimento marca o início da expansão dos negócios após a entrada da Mubadala, uma gestora de private equity com o fundo de Abu Dhabi, como principal investidor.

Em abril, a proposta indicativa da SouthRock para adquirir os ativos da Starbucks no país foi aceita. Com dívidas de R$ 1,8 bilhão, a SouthRock entrou com pedido de recuperação judicial em novembro. A empresa atuou como masterfranqueada da Starbucks no Brasil de 2018 a 2023.

A competição pelos ativos da Starbucks será conduzida através de propostas fechadas, e a Zamp será a "stalking horse bidder", tendo o direito de igualar as ofertas de terceiros ou receber uma indenização caso não seja a selecionada.

Atualmente, existem aproximadamente 140 cafeterias Starbucks em operação (a SouthRock fechou 50 lojas nos últimos meses). O valor de R$ 120 milhões poderá ser ajustado dependendo do número de lojas a serem adquiridas e do estoque. Em 2023, mesmo com 190 lojas, a SouthRock gerou um faturamento de cerca de R$ 500 milhões com as operações da Starbucks.

As lojas fechadas estavam apresentando prejuízos, enquanto as lojas mantidas estão operando com algumas restrições devido ao processo de recuperação judicial, incluindo falta de produtos como variedades de café ou outras bebidas.

A Zamp também chegou a um acordo com a proprietária da Starbucks para os contratos e a continuidade da marca no país. No entanto, como a SouthRock está em processo de recuperação judicial, a conclusão da transação está sujeita à autorização judicial, além da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Além da Starbucks, a SouthRock tinha em seu portfólio as lanchonetes Subway, os restaurantes TGI e o centro gastronômico italiano Eataly – este último foi recentemente vendido para um fundo de investimento composto por pessoas físicas. A possibilidade de a Cacau Show adquirir a operação da Subway foi discutida, mas as negociações não avançaram.


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.